quarta-feira, 27 de abril de 2011

"Covarde, realmente covarde é apenas quem teme as próprias lembranças."

Procurei no Google frases que possam expressar um pouco da minha revolta pessoal. Acabei encontrando várias, mas escolhi estas três que conseguem dizer um pouco do que estou sentindo: revolta, repudia e raiva.

O que acontece com os homens? E eu digo aqui homens do sexo masculino mesmo, não o ser em geral. Homens. Vivem reclamando que, nós mulheres, somos confusas, controladoras, ciumentas, passionais. Mas o que eles são? Nem eles mesmos conseguem descrever!

O fato é que uma mulher ama um homem. É companheira dele. O apóia. O incentiva. Suporta as piores situações e palavras. Até que um dia ela passa de companheira a “marcação”, de amiga a psicótica, de amor a amante.

Pra mim uma frase que descreve o principal problema dos homens é esta: "A única anormalidade é a incapacidade de amar." (Anaïs Nin) porque, quando eles são amados de verdade, começam a achar que queremos mudá-los e controlá-los, isso tudo por pura incapacidade de se entregar ao outro.

Hojeum episódio me fez perceber que, na verdade, os homens são maliciosos até quando não precisam ser. Eles terminam um relacionamento e seguem suas vidas quase que deletando aquela que esteve sempre ao seu lado da sua memória. Mas e quando nós rompemos?

Eles dizem que somos orgulhosas. Ora, se fossemos, não ficaríamos ao lado de idiotas como eles. Quando nós terminamos, eles guardam uma última carta na manga e essa, geralmente, tem o valor da crueldade. "A pior forma de covardia é testar o poder na fraqueza do outro." (Maomé) pra que se afastar por um longo período e voltar a nos procurar quando já estamos seguindo em frente, tirando do nosso coração a figura do infeliz? Não me quis mais? Siga a sua vida, me deixe tentar seguir a minha.

Também existem aqueles que teimam em sustentar um relacionamento na falsidade, no interesse e na acomodação. "Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que haja falta de amor." (Vladimir Maiakovski)

Sempre digo: só brigo com quem eu gosto e me importo o dia que eu não fizer isso.... Adeus!!

{Este post é em homenagem a uma amiga que, infelizmente, tem uma pedra no sapato, mas que, se Deus quiser, essa pedra será implodida hoje... e por mim!!}

Nenhum comentário:

Postar um comentário