sábado, 10 de março de 2012

Por que amar é para os fortes?!

Quem ai nunca fez coisas absurdas por amar alguém que atire a primeira pedra na tela deste computador! Pode até não ser coisas impossíveis, basta ter feito algo simples, como por exemplo, fazer de tudo pra passar o maior tempo possível ao lado de quem você ama. Aliás, são os pequenos gestos que mostram o quão grande é o seu amor!

Para provar que ama alguém não é preciso escalar montanhas, ganhar muito dinheiro, se vestir de roupas de marca, jantar em lugares chiques, beber champagne no café da manhã, dirigir o carro do ano, se afundar no cartão de crédito só para comprar um presente caríssimo.

Quando o amor é verdadeiro ele supera dificuldades, mesmo que não sejam suas. Ele fica ao lado, mesmo nas horas que a pessoa pede pra ficar sozinha. Suporta palavras, atos e até mesmo a ausência na esperança de que um dia haverá presença real.

Quando a gente ama alguém de verdade, a gente aceita os erros e defeitos porque nós mesmos não somos perfeitos. Aprendemos a viver com a diferença de estilo de vida e, principalmente, aprendemos com as experiências do outro sem saber que ele ao mesmo tempo aprende!

Quando amamos de verdade suportamos tudo, até mesmo o que as outras pessoas dizem ser insuportável. Prometemos que nunca mais esperaríamos ou ajudaríamos, mas nunca cumprimos estas promessas porque o amor nos diz que precisamos agir e não omitir!

Quando somos amados queremos apenas pequenas coisas, como um telefonema fora de hora, um carinho inesperado, uma mão pra nos guiar pela multidão, um sorriso quando estamos tristes e um beijo quando menos esperamos.

O amor quer um gesto simples, uma palavra, um olhar. Ao mesmo tempo ele nos exige paciência pra esperar pelo dia em que ele será recíproco de verdade. E mesmo que possamos nos sentir invisíveis, desejamos até o último instante por aquele segundo que somos notados.

O amor é para os fortes porque os fracos desistem muito rápido!

Um comentário:

  1. Amor é persistência, amor é pra quem consegue suportar tudo em nome desse sentimento.

    Seguindo aqui.
    http://iasmincruz.blogspot.com/

    ResponderExcluir