segunda-feira, 7 de maio de 2012

As nossas lembranças.

Ouvindo uma música que diz “você não quer ficar mais um pouquinho?” me pego lembrando de um passado não tão distante, onde sempre que ficávamos juntos, uma aventura nova e só nossa acontecia. Se fossemos escrever todas daria um belo livro repleto de histórias divertidas e bonitas. Deve-se dizer que também tivemos nossos momentos confusos e conflituosos, mas são as lembranças boas que banham o meu coração neste momento.

Você não quer ficar mais um pouquinho, na minha vida? Não quer evitar que surja o nosso último beijo, nosso último segundo juntos?

Eu sei que eu te amei e te dei tudo o que eu pude, até mesmo o que não pude, em troca somente daquele momento só nosso. Lamento que, com o tempo, nem mais isso eu pude ter. Talvez por percalços da vida, mas desconfio mesmo que tenha sido por falta do seu interesse. Fazer o que?
Eu sei que, de agora em diante, o tempo ruge contra mim. Já me sinto solitária não tendo mais contato com você, está escrito nos seus olhos! E nos meus olhos, o que você lê?

Só Deus sabe quantas vezes calei meu coração que queria te pedir pra ficar. Quantas vezes me calei pra não te pedir pra arriscar. Quantas vezes me senti desmerecida do seu amor quando, na verdade, quem não merece o meu amor é você. A final, quem não aceitaria o amor de alguém que sempre se dispôs a te entender e te apoiar mesmo quando todas as pessoas ao seu redor te aconselhavam a largar de mão?

Você teve tanto de mim e eu tão pouco de você. Por quê? Talvez um dia a vida me responda, até lá, quem sabe um dia a gente não se esbarre novamente e ria um pouco das nossas aventuras? Mas eu sei que, quando isso acontecer e você partir novamente, eu seguirei aqui: chorando e lamentando, tentando descobrir porque você não quis ficar!

“Você não quer ficar mais um pouquinho?” Na verdade acho que você nunca esteve aqui.

Um comentário:

  1. Bom dia!!
    Sempre acreditamos
    que tudo um dia pode
    mudar e que ficaremos
    felizes com a presença
    de quem amamos, mas o tempo
    passa e nada muda...nunca!!
    Abraços

    ResponderExcluir