segunda-feira, 25 de junho de 2012

É hora de mudar, será?!

Sempre tive dois pensamentos: ou as pessoas não mudam ou a mudança chega e a gente nem sente! Hoje vejo em mim mesma que errei nas duas coisas.

As pessoas mudam sim, pena que também podem mudar pra pior. Na verdade (e isso é uma opinião pessoal) nunca conheci alguém que tivesse a personalidade ruim e mudar para uma melhor, o mau caráter sempre será mau caráter. Ele somente muda a maneira de agir!

É claro que aqui não estou falando que seja impossível de alguém melhorar suas atitudes, óbvio que isso pode acontecer. Mas no que se trata de caráter, não acontece. Desconfio que quando alguém me diz que “fulano não é mais aquele canalha” seja mentira, tanto que o disfarce está funcionando ao ponto de convencer alguém!

Tirando a questão do caráter, conheço muitos que mudaram de atitude. Deixaram de fazer coisas que antes achavam maravilhosas e com o tempo perceberam que não chegariam a lugar algum fazendo as mesmas coisas de sempre. Nessa mudança eu acredito!

Hoje percebo que sentimos a mudança sim, eu mesma estou vivendo isso. É uma vontade enorme e incontrolável de fazer substituições. Tenho sentido vontade de mudar todas as minhas roupas e sapatos, abandonar o tênis e o jeans, abandonar o rabo-de-cavalo dos meus cabelos, usar esmaltes claros e em tons pastéis, trabalhar mais, estudar outras coisas que me deem certezas profissionais e cortar de vez relações com pessoas que não me fazem bem!

Às vezes sinto que apesar da minha idade – falo como se 32 anos fossem muito anos – estou prestes a recomeçar! Não tenho sentido isso há muito tempo. Claro que não farei tudo ao mesmo tempo, mas sentir essa vontade já é um passo gigante pra mim. Tive uma fase que minha vida era repleta de planos e quando alguns fracassaram, eu me permiti perder a vontade de tudo! Me parece que essa vontade está renascendo.

Não quero dividir planos com ninguém, quero partilhar conquistas. Tem gente que não entende esta minha tática, mas aqueles que entendem se ficarem ao meu lado, só tem a ganhar com a minha felicidade.

Estou aprendendo, pela primeira vez na vida, que posso mudar por si só e não pra agradar alguém que, muitas vezes, nem percebe o esforço que fazemos por elas. Quero mudar por mim porque sei que ainda sou muito jovem pra me entregar ao lema “o que for, será”!

2 comentários:

  1. O último parágrafo é muito bonito, viu?? Já conhece meu blog? http://www.republica-degarotas.blogspot.com | Me siga e deixa um recadinho avisando que eu sigo de volta! Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir