sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Me recuso a baixar a cabeça!


No meu dia-a-dia ouço coisas do tipo “não responda”, “não encare”, “não reaja”, “não enfrente” ao mesmo tempo em que vejo as mesmas pessoas que dizem isso reclamar do rumo que o mundo está tomando.

É bandido tomando conta das ruas, é aluno agredindo professor, é filho matando os pais, é gente arrogante se achando o mais correto do mundo, é político mentindo em rede aberta de televisão, é governante rindo do povo, é aquela pessoa amada por completo ser incapaz de amar pelo menos a metade, é amigo mentindo pra amigo, é um querendo a derrota do outro.

Mesmo assim eu defendo a minha opinião, mas como não me acho e não sou superior a ninguém, assumo meus erros quando sei que a culpa é minha. Tento não mentir ao máximo porque por mais que queiramos ser honestos, existem momentos que se a verdade for ruim é melhor falar aquilo que o outro quer ouvir, pelo menos por enquanto.

Não aceito viver num mundo no qual eu não possa expor minha opinião, num mundo no qual eu tenho que murar bem alto a minha casa e viver presa dentro dela enquanto os bandidos estão soltos na rua. Me recuso a não resistir a um assalto quando o ladrão não está armado, discutir com alguém na rua quando vejo alguma injustiça sendo cometida, a não confiar num policial porque sua Instituição é taxada de corrupta. Me recuso a anular meu voto por não querer votar no mesmo governante de antes e por não acreditar que outro candidato não vá roubar o povo.

Acima de tudo, me recuso a não amar alguém só porque este ser idiota não sabe me amar de volta. De acreditar nas palavras de um amigo só porque eu sei que ele mente para algumas pessoas e não aceito ter que pisar nos ombros de alguém só pra alcançar mais rápido os meus objetivos.

Eu me recuso a baixar a cabeça e aceitar todos erros que a humanidade está se acostumando a cometer só porque não recebem a punição merecida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário