domingo, 28 de abril de 2013

Não cabe mais a mim.

 
Já dei muitos conselhos a quem não fazia questão de seguí-los.
Já apoiei diversas vezes alguém que não merecia meu apoio.
Já ouvi os problemas de quem não sabia ouvir os meus.
 
Já incentivei muito quem esperava a solução cair do céu.
Já suportei muitos espinhos de quem eu somente dei flor.
Já amei muito a alguém que dizia não receber nenhum amor.
Já lutei muito por alguém que não se importava com a minha batalha.
Já ofereci muito a quem somente me oferecia migalhas.
Já me importei mais com as promessas nunca cumpridas.
Já esbanjei belos sorrisos pra não demostrar minhas profundas feridas. 
Já ensinei muitas lições a quem não quis aprender.
Já me empenhei além do que alguém fazia por merecer.
Mas agora não cabe mais a mim todas essas intenções.
Agora o que você tiver e quiser aprender surgirá de outro lugar, de outra pessoa, de outra situação.
À partir de hoje tudo o que falei, fiz e suportei será reconhecido.
Não por meus atos, porque estes chegaram ao fim.
Não pelos resultados, pois nada do que disse e fiz foi levado em consideração. 
Caberá a vida te ensinar tudo que você rejeitou de mim.
Pena que não estarei presente pra te ver, finalmente, aprendendo a lição!

Nenhum comentário:

Postar um comentário