segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Voltar a escrever!

Será que eu perdi o jeito? Acho que não! Talvez seja como andar de bicicleta: uma vez que você aprende, nunca mais você esquece. Que assim seja!

Passei um bom tempo sem passar por aqui, não tanto quanto eu imaginava ter passado,mas o que importa é que eu nunca quis excluir este meu cantinho. Ele, mais do que nunca, parece ser meu eterno refúgio, meu porto seguro, pra onde eu posso correr e não me esconder.

Tantas coisas aconteceram na minha vida desde o último post que escrevi e compartilhei aqui. Mas estou numa fase em que poucos se dispõem a me ouvir. Na verdade tenho a impressão de que eu falo e ninguém me ouve de verdade.


Deste jeito, passei os últimos dois dias pensando sobre o que fazer à respeito de tantas palavras presas dentro de mim. Me bateu uma saudade do meu blog, passei por aqui e mexi em algumas coisinhas. Não quero que ele seja grandioso, por isso retirei muitos Widgets que havia instalado no passado e deixei ele mais clean. Perfeito!

Quero me expressar de novo. Mas quero somente leitores que queiram prestar atenção nas minhas linhas, sem entrelinhas. Quero saber a opinião de todos, quero receber críticas, quero poder responder a altura. Quero escrever. É o que eu mais sei fazer. É a única certeza que tenho na minha vida.

Definitivamente, mesmo perdendo o equilíbrio natural de alguém que passou meses longe da bicicleta, volto a pedalar e já sinto o vento no rosto.

Voltei!

Um comentário:

  1. Lindo, delicado , perfeito. Continue compartilhando conosco essas "pedaladas" pra que nós também possamos sentir o vento no rosto. Amei.

    ResponderExcluir